Pergunte ao Doutor

Alergias causadas pelo níquel

Alergias causadas pelo níquel
44 24 novembro 2014

Você conhece o sulfato de níquel? É um metal muito utilizado na confecção de diversos produtos usados diariamente. Para se ter uma ideia da presença do sulfato de níquel, podemos encontra-lo em brincos, colares, anéis, moedas, maçanetas, lâminas de barbear ou em botões, cintos e apliques metálicos para roupas. Além de agulhas e alfinetes, pulseiras de relógio, e até nas panelas, talheres e utensílios domésticos entre outros usos.

O grande problema do sulfato de níquel se deve aos casos de reação alérgica que ele pode causar, e as chances são elevadas devido ao grande número de produtos que contém o metal. Mas por que isso ocorre? Ao manter contato com o sulfato de níquel, a pessoa pode apresentar sintomas na hora ou horas depois. 

Alergias na pele causadas pelo níquel - Dermatologista Curitiba - Clínica CMP

A alergia que se desenvolve com o contato pelo sulfato de níquel pode ser notada por uma coceira no local onde a pele teve contato com o níquel, podendo a reação alérgica ser imediata ou levar alguns dias para aparecer. Depois da coceira, pode surgir o avermelhamento, formando um inchaço (edema) que pode se transformar em uma inflamação (eczema) ou, endurecimento da pele com vazamento de um líquido claro.

A maior surpresa fica para o fato de que o sulfato de níquel também é encontrado em alimentos. Chocolate, a gordura hidrogenada, feijão, e até nozes, ervilhas secas ou cereais podem conter o metal. Por isso, uma pessoa que é sensível pode desenvolver sintomas alérgicos.

Para evitar a dermatite de contato por sulfato de níquel é simples: evite usar materiais que tenham sido banhados no metal, ou não ingerindo alimentos que contenham níquel. No caso de botões de calças jeans, podemos revestí-los com tecidos e escolher produtos de níquel que sejam revestidos com outros materiais. Por exemplo, escolha utensílios domésticos que tenham cabo de plástico, prefira bijuterias de aço ou titânio, use panelas de teflon, ágata ou aço inoxidável e até os óculos podem ter a alternativa de aros de plástico.

Ao notar alguma reação alérgica de qualquer tipo, procure um dermatologista para descobrir a causa e receber instruções para tratá-la.

 

Gostou da postagem? Compartilhe!

Agende uma consulta com Dermatologista em Curitiba – (41) 3022-4242

Compartilhe
Publicado por Dermatologia | Tags:
Comments (44)
leticiaMay 24Responder
Ola! Descobri a tres anos que tenho alergia a sulfato de niquel antes so tinha picos pelo corpo agora sinto inchaço no couro cabeçudo... esse inchaço tbm e do sufato?
Dr Guilherme ShwetzMay 25Responder
Ola, Leticia. Visto que você já apresenta hipersensibilidade ao níquel, não podemos descartar esta hipótese. Entretando, devem ser investigadas outras condições também, dependendo do quadro clínico.
DanielleJuly 9Responder
Olá, há dois anos descobri uma alergia crônica a cloreto de cobalto, cromado e níquel. Com isso deixei de usar bijouterias, maquiagem, cosméticos em geral usando apenas hidratante hipoalergenico. Porém tenho lesões na pele sempre, onde não deixo de usar pomadas com corticoide e antihistaminicos desde então. Percebo sensibilidade a diversos alimentos, inclusive a frutas e verduras. E sei que o níquel estar presente no solo, no ar e água o que torna impossível Não ter o contato. Gostaria de saber se tem algum quelante que possa minimizar os sintomas ou outra forma de tratamento que não seja tão agressivo.
Alex FonsecaAugust 31Responder
A algumas semanas minha filha apresentou dermatite nos olhos e lábios e associamos a causa como alérgica pelo seu histórico recente de dermatite seborreica. Porém, a pomada utilizada para tratar o couro cabeludo não surtiu efeito nos lábios. Em busca da causa descobrimos com um alergista que ela é hiper alérgica a sulfato de níquel por meio de exame. Como ela não mantém contato com nenhuma substância ou objeto niquelado nos olhos ou boca, ficamos sem saber a causa da reação alérgica. Mas, ao abrir o chuveiro para desobstruir os furos da passagem de água, descobri que a resistência estava muito oxidada e, pesquisando na Internet, fiquei sabendo que o metal utilizado na resistência é uma liga de Nicromo (15%-25%Cr, 19-80%Ni). Ligando os fatos, concluímos que ao oxidar, a resistência libera partículas do metal oxidado na água, causa inclusive da obstrução dos furos. Tais partículas em contato com as áreas da pele mais sensíveis, no caso pálpebras e boca, estavam causando a reação alérgica. Compartilho este relato para que ajude a outras pessoas a encontrarem a possível causa deste problema.
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Agradeço por compartilhar o relato. A alergia ao níquel realmente é difícil, pois o metal está presente em diversas substâncias com as quais entramos em contato no dia-a-dia. Espero que as reações de pele da sua filha estejam melhores. Att, Dr. Guilherme Shwetz
SaleteDecember 7Responder
Bom dia, Adorei a matéria. Sempre tive ligeiras coceiras ao usar bijuterias. Mas há uns seis anos atrás fiz um implante de dentes e foi usado níquel como reforço externo. Mais ou menos depois de tres meses que fiz este implante, começaram coceiras horríveis em todo meu corpo. A pergunta é: Que exame devo fazer para ver se este níquel é o que está me dando esta coceira alérgica? Grata, att.:
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Você deve realizar um exame chamado de Teste de Contato (ou Patch test), o qual irá identificar se você realmente apresenta hipersensibilidade ao Sulfato de Níquel e ajudará na investigação se realmente o implante é o responsável pelas reação de pele. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz
FernandaDecember 10Responder
Bom dia! Tenho alergia ao sulfato de níquel. Posso colocar um DIU DE COBRE????
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Sim, não teria problemas, são metais diferentes. Com atenção, Dr. Guilherme
Valdilene Maria Da Silva LimaMarch 24Responder
Olá descobri que tenho alergia a níquel a cinco meses e não sei o que fazer.Meu rosto incha não posso usar nada de maquiagem nem batom e horrível até em alimentos chocolate e outros sempre tenho uma reação.
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Existe a possibilidade de você estar apresentando também hipersensibilidade a algum componente nos produtos cosméticos que utiliza. Vários componentes de cosméticos podem ser alergênicos, mas as fragrâncias são a principal causa de alergia a cosméticos. Formam um grupo de mais de 3.000 substâncias que são usadas numa ampla variedade de produtos, incluindo os chamados “sem perfume”, com o intuito de disfarçar odores indesejados de alguns componentes da formulação. O Formaldeído e a Tonsilamina, muito utilizados em esmaltes também podem levar a reações frequentes. Outra possibilidade, pela forma como você descreve a reação, é você também estar apresentando urticária crônica, que se trata de um outro tipo de reação alérgica. Recomendo que procure um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para realizar a investigação e planejamento do tratamento. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz
GabrielaApril 6Responder
Bom dia Sou alérgica a sulfato de niquel, descobri atraves de exames, será q eu posso colocar implante dentário.
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Você deve conversar com o seu cirurgião dentista e explicar que apresenta hipersensibilidade ao Níquel, pois realmente você pode apresentar reações alérgicas aos metais usados em implantes dentários, os quais podem conter níquel e cobalto nas ligas metálicas. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz
Leticia AgnesMay 9Responder
Tenho alergia a Sulfato de Níquel, posso utilizar marmitas de Alumínio? Pode causar alguma reação?
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Provavelmente, não haverá risco para o surgimento de alergias de pele com o uso de compartimentos de alumínio. Geralmente, estes materiais não possuem Sulfato de Níquel ou cobalto, porém, você deve estar atenta e observar com atenção se na evolução, após utilizar pratos de alumínio, passa a ter piora ou aparecimento de reações cutâneas. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz Dr. Guilherme
Merces PereiraJuly 12Responder
Tenho uma mancha escura no pescoço causadas pelo sulfato de níquel e cloreto de cobalto essa manchas Coca muito. Uso vitacid plus mas a mancha e filtro solar me ajudar. Obrigado
Clínica CMPAugust 1Responder
Bom dia. Geralmente, após um processo inflamatório de repetição pode haver a deposição de pigmento no local, o que é chamado de hiperpigmentação pós-inflamatória. Esse tipo de mancha escurecida costuma ser profunda e não responde bem aos tratamentos com clareadores em creme. Entretanto, essas manchas costumam clarear espontaneamente com o tempo. O mais importante é você evitar o contato com as ligas metálicas contendo Níquel, para que a mancha não volte a se intensificar. Com atenção, Dr. Guilherme
ThaisAugust 5Responder
Bo.a tarde. Minha mãe fez o teste de contato e de 30/itens apenas 12 deram alergia. Porém para evita-los e complicado pois está em muitos alimentos. Queria saber se pra esses casos de alergia alimentar tem algum tratamento eficaz? Ou ela tem que conviver e tentar mudar toda a rotina alimentar. Pois ela deu alergia ao leite, níquel, corante... E isso tá em tudo. Adorei a matéria.
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde. Quando muitas substâncias presentes no teste de contato dão positivo, significa que a reação alérgica ainda estava em atividade (isto é chamado de "angry back") e o teste deve ser repetido, pois nesse momento há reação com muitas substâncias devido à atividade inflamatória. Além disso, testes de contato positivos não indicam sempre dermatite alérgica de contato.Existem vários trabalhos que demonstram pacientes com testes positivos a certos elementos sem que nunca haviam desencadeado dermatite de contato. Por exemplo:8% da população de mulheres têm teste de contato positivo ao Sulfato de níquel e não têm reações alérgicas a bijuterias ou outros objetos metálicos. Teste de contato positivo para ter validade é necessário estar correlacionado com a história clínica do paciente. Logo, realmente sugiro que o teste de contato seja repetido num momento mais propício, sem reação alérgica presente. Com atenção, Dr. Guilherme
LarissaAugust 5Responder
Olá gostaria de saber se tem possibilidade de ter sulfato de niquel em prótese de silicone. Obrigada
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Larissa. As próteses de silicone atualmente utilizadas não contém sulfato de níquel na sua composição. Com atenção, Dr. Guilherme
Salete NoroAugust 14Responder
Bom dia. Descobri que tenho alergia a sulfato de níquel, minhas maos sai umas bolinhas com um líquido branco, inflama, e depois decasca a pele, coca muito, arde, e doi, estou a dois meses que as mãos fica sempre assim, muita dificuldade para fazer as coisas. Fico até na dúvida se tudo isso é alergia. Eu trabalho com muito papel, queria saber se a tinta de impressão de papel tem níquel e qual tipo de luva poderia usar ? Até o momento está so nas maos, gostaria de umas dicas de como evitar esse tipo de alergia.
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Salete. Pelo quadro descrito por você, provavelmente você está apresentando um tipo de reação inflamatória da pele chamada de Disidrose, a qual apresenta um componente alérgico com participação do sulfato de níquel. Nesse caso, é importante restringir o contato com vestimentas e acessórios que contém liga metálica com níquel e tentar reduzir o consumo de alimentos normalmente ricos em níquel, como o chocolate, gordura hidrogenada, feijão, nozes, ervilhas e cereais. Recomendo que você procure um dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia para chegar ao diagnóstico preciso e instituir um plano de tratamento individualizado para o seu caso. Com atenção, Dr. Guilherme
NeiaAugust 14Responder
Gostaria de saber quais alimentos possuem a substância sulfato de níquel e cloreto de cobalto. E se a pessoa que tem alergia de contato à essas substâncias, aparecerá reação ao ingerir alimentos que possuem essas substâncias.
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Neia. Em decorrência de muitos alimentos serem normalmente ricos em níquel, como o chocolate, gordura hidrogenada, feijão, nozes, ervilhas e cereais, uma pessoa que é sensível ao níquel pode desenvolver sintomas alérgicos, mesmo não tendo contato na pele com qualquer objeto que o contenha. Alimentos ácidos, como por exemplo o tomate, cozidos em panelas de aço inox, também podem se contaminar com o níquel. Uma outra fonte rica desse metal é o cigarro. As pessoas alérgicas devem tentar diminuir a ingestão de alimentos com níquel, para tentar minimizar a influência da alimentação nas manifestações alérgicas, mas se a alergia se mantiver controlada mesmo com a ingestão dos alimentos citados, estes podem ser mantidos na dieta. Geralmente, a alergia se manifesta com lesões de pele avermelhadas, edematosas e com descamação e pequenas bolhas d’água. Com atenção, Dr. Guilherme
NATIELLIOctober 30Responder
Olá Dr. Há quase um ano venho tendo dermatites, somente no rosto que estão se agravando. Semana passada fiz o teste de contato de 40 substâncias, 3 deu positivo: sulfato de Cobalto, neomicina, sulfato de níquel. Nossa estou bem desanimada, porque está presente em muitas coisas. E viver a base de corticóide já está me deixando estressada.
AlineSeptember 19Responder
Ola gostaria de saber se alergia a sulfato de níquel tem cura ?
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Aline. Infelizmente, não podemos dizer que há cura para a alergia ao sulfato de níquel, pois o sistema imunológico tende a manter sua resposta inflamatória inadequada após o contato com substâncias contendo níquel ao longo da vida, a qual tende, inclusive, a se tornar cada vez mais intensa. Com atenção, Dr. Guilherme
FabianaSeptember 19Responder
Sou alérgica a cloreto de cobalto abre a lateral da minha boca coça muitoooooo. Gostaria de saber q pomada eu poderia estar usando.ja q a coceira é insuportável
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Fabiana. Infelizmente, não posso prescrever uma medicação sem examiná-la. Sugiro que procure o atendimento de um dermatologista ou um alergologista. Com atenção, Dr. Guilherme
Rayssa SilvaSeptember 26Responder
Olá. Descobri ano passado que tenho alergia a níquel, e dos três sintomas, todos aparecem quando coloco um brinco contendo esse metal. Agora é rapidamente a reacao. E apareceu umas manhas circulares de relevo no meu corpo. Tem alguma relação?
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Rayssa. Existe uma tendência a que a reação se torne mais rápida e mais intensa com o passar do tempo, se você continuar mantendo contato com liga metálica contendo o sulfato de níquel. Para avaliar se a erupção nova que você citou tem relação com a alergia ao níquel, sugiro que você procure atendimento de um dermatologista, para lhe examinar detalhadamente. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz
julianaSeptember 26Responder
Boa noite! Tenho alergia a níquel, posso fazer tatuagens? Obrigada!
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde. Você deve conversar com o seu tatuador para saber qual a tinta que ele utilizará e se esta contém sulfato de níquel na sua composição. Caso contenha, o que não é frequente, você deve pedir para substituir por outra que não contenha. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz
CidaOctober 18Responder
Boa tarde! Fiz o teste de contato , por causa ,da coceira que eu tenho e inchaçonas unhas , ao passar esmalte normal e até mesmo os ante- alérgicos.E o resultado foi, alergia ao sulfato de Níquel. Uso bijouteiras , como colares , brincos e anéis e não sinto coceira em outro lugar. Apenas quando passo os esmaltes . Gostaria de saber, se posso continuar usando minhas bijouterias, pois minha médica não soube responder. grata
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde. Os testes de contato positivos não indicam sempre dermatite alérgica de contato.Existem vários trabalhos que demonstram pacientes com testes positivos a certos elementos sem que nunca tenham desencadeado dermatite de contato.Por exemplo:8% da população de mulheres têm teste de contato positivo ao Sulfato de níquel e não têm reações alérgicas a bijuterias ou outros objetos metálicos. Teste de contato positivo para ter validade é necessário estar correlacionado com a história clínica do paciente. Com atenção, Dr. Guilherme Shwetz
AlineOctober 23Responder
Muito obrigada pelos esclarecimentos em relação à alergia ao níquel, Dr. Guilherme. Eu tenho alergia se usar bijuteria, mas não sabia que tinha níquel nos alimentos. Devo evitar os alimentos que tem níquel ou só se sentisse alguma reação? No caso, a reação também seria coceira e as manchas vermelhas?
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Aline. Em decorrência de muitos alimentos serem normalmente ricos em níquel, como o chocolate, gordura hidrogenada, feijão, nozes ervilhas secas e cereais, uma pessoa que é sensível pode desenvolver sintomas alérgicos, mesmo não tendo utilizado qualquer objeto que o contenha. Alimentos ácidos, como por exemplo o tomate, cozidos em panelas de aço inox, também podem se contaminar com o níquel. Uma outra fonte rica desse metal é o cigarro. As pessoas alérgicas devem tentar diminuir a ingestão de alimentos com níquel, para tentar minimizar a influência da alimentação nas manifestações alérgicas, mas se a alergia continuar controlada mesmo com a ingestão dos alimentos citados, estes podem ser mantidos na dieta. Geralmente, a alergia se manifesta com lesões de pele avermelhadas, edematosas e com descamação e pequenas bolhas d'água. Com atenção, Dr. Guilherme
Juliana LimaOctober 27Responder
Ola bom dia. Descobri essa semana que tenho alergia a Sulfato de niquel e Tiuram mix. Coloquei os adesivos na quinta e tirei na segunda. Ao longo do teste fui piorando e Tive uma crise alergica ao qual estou tentando sair com uso de corticoide. Palpebras inchadas e vermelhas, com pequenas bolinhas, um roxo na regiao inferior do olho (mucosa inferior onde ficam as olheiras - parece que levei um soco), regiao dos ouvidos internas com sensacao de inchaço e uma ligeia dormencia na face na bochecha esquerda . O problema é que ao mesmo tempo estou fazendo tratamento dentario, coloquei um implante. E estou meio deseperada para ver se a cise foi do teste ou tb com o tratamento. Isso tudo muito novo pra mim. Minha dematologista está tratando com pomada a regiao e o predsim. Alguma sugestão/orientação?
Clínica CMPOctober 30Responder
Boa tarde, Juliana. Acho interessante que você se informe com o seu dentista se existe uma liga metálica utilizada no implante que contenha níquel. Visto que você apresenta alguns sintomas de edema mais profundo, é possível que a reação também possa estar sendo causada pelo implante. O ponto-chave do tratamento da dermatite de contato alérgica é sempre o diagnóstico com identificação do fator causador e afastamento do contato com as substâncias que desencadeiam a reação alérgica sempre que possível. Logo, é muito bom que os fatores desencadeantes já foram identificados. Com atenção, Dr. Guilherme
Bruno MoraesNovember 11Responder
Boa tarde! Tenho alergia ao sulfato de níquel. Ela é manifestada com a ingestão de alguns alimentos e/ou a ingestão de alimentos preparados em panela de aço inox. Gostaria de saber quais os riscos dessa alergia? Por exemplo, caso eu coma algum alimento que contenha níquel elevado, apresento manchas avermelhadas no torax. Posteriormente, elas somem com o passar do tempo. O fato de eu comer esse alimento, esporadicamente, vai me trazer maiores prejuízos, ou o único problema é a manifestação dos sintomas citados? Obrigado!
ClaudileneNovember 21Responder
Boa tarde, parabéns pela matéria, minha mãe descobriu ser alergica ao níquel, sempre tirou cutículas e nunca teve problema no último ano começou a ter reações, e a média descobriu a alergia. Indicou alicate em titânio ou aço cirúrgico, porémnão estou conseguindo encontrar, sabem me indicar algum? Achei um de cobalto, o cobalto é semelhante ago níquel? Obrigada
leonice2017 January 6Responder
gostaria de saber qual medico cuida da bacteria strep.beta hemolitico
Clínica CMP2017 January 23Responder
Boa noite Leonice, As bactérias do gênero Streptococcus são capazes de causar diversas doenças nos seres humanos. Dentre as mais freqüentes estão as infecções do trato respiratório, pele e tecidos moles, endocardites, sepse e meningites. Não existe um médico específico para cuidar de uma bactéria e sim médicos capazes de tratar a doença apresentada em decorrência de uma infecção. Dependendo do tipo de infecção que você apresentar e do local do corpo afetado, existe um clínico geral ou especialista que poderá tratá-la da maneira mais adequada. A disposição, Dra. Camila Scharf

Comentários